domingo, 26 de maio de 2019

Poema: Café de domingo







Acordei domingo

verdejando folhas

pela janela

tomando café comigo

Já nem sei se sou ipê

ou sou mangueira

Talvez a orquídea

florescendo

na sibipiruna

Quem sabe

sou o azul do céu

Ou verde árvore

sou areia do mar

ou água derramada.







26/05/2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário